Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



[A CRIANÇA QUE PENSA EM FADAS E ACREDITA NAS FADAS ]

por oligofrénico, em 30.06.09

A criança que pensa em fadas e acredita nas fadas
Age como um deus doente, mas como um deus.
Porque embora afirme que existe o que não existe
Sabe como é que as cousas existem, que é existindo,
Sabe que existir existe e não se explica,
Sabe que não há razão nenhuma para nada existir,
Sabe que ser é estar em algum ponto
Só não sabe que o pensamento não é um ponto qualquer. 

 

 

 

 

In Poemas Inconjuntos


In Poesia , Assírio & Alvim, ed. Fernando Cabral Martins, Richard Zenith, 2001

Alberto Caeiro


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:52

PANDEMIAZINHA

por oligofrénico, em 30.06.09

O Ministério da Saúde confirmou, esta terça-feira, mais quatro casos de gripe A (H1N1), elevando para 17 o número total de pessoas infectadas em Portugal. (TSF online)

 

Todos os dias.

a actualização dos novos

casos de gripe.

Quando é que isto pára?

E porque não um

ranking nacional,

hora a hora,

de cancros,

tuberculoses,

bruceloses,

cataratas....

Por favor.

E a democracia

na Madeira,

e a Opus Dei,

e o Rendeiro,

e o Granadeiro,

e o Loureiro,

e a Educação,

e o Jacinto Leite Capelo Rego,

e a segurança...?

 

 

M. Pinto

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:38

FALA!

por oligofrénico, em 26.06.09

 Fala a sério e fala no gozo
fa-la p'la calada e fala claro
fala deveras saboroso
fala barato e fala caro

 

Fala ao ouvido fala ao coração
falinhas mansas ou palavrão

 

Fala a miúda mas fala bem
Fala ao teu pai mas ouve a tua mãe

 

Fala franciú fala béu-béu

 

Fala fininho e fala grosso
desentulha a garganta levanta o pescoço

 

Fala como se falar fosse andar
fala com elegância muita e devagar.

 


In No Reino da Dinamarca

Alexandre O' Neill


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:12

PAÍS PIRATA

por oligofrénico, em 26.06.09

"Somália em estado de emergência depois da deserção do Parlamento." (I online)

 

Sempre tive muita esperança

no continente africano.

E em especial

nos somalis.

Têm uma grande

vocação

marítima.

Como nós.

 

M. Pinto

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:59

CCB - SALA FERNANDO PESSOA

por oligofrénico, em 25.06.09

"A Sagres, patrocinadora principal do campeonato da Liga de futebol, assina na sexta-feira com o Benfica o maior contrato de patrocínio do futebol português. O acordo envolve o pagamento de quatro milhões de euros por época, durante dez anos.

(...) O contrato que liga aquelas duas entidades vai ser formalizado na sexta-feira, às 12h, numa cerimónia marcada para a sala Fernando Pessoa do Centro Cultural de Belém." ("Público" online)
 

Um acto cultural

de grande dimensão.

Só no CCB.

Pois claro.

 

 

M. Pinto

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:50

SENHOR EU VIVO COITADA

por oligofrénico, em 19.06.09

"Senhor, eu vivo coitada
vida, dês quando vos non vi;
mais, pois vós queredes assi,
por Deus, Senhor bem talhada
querede-vos de min doer
ou ar leixade-m’ir morrer.


Vós sodes tan poderosa
de min que meu mal e meu bem
en vós é todo; e por en,
por Deus, mha senhor fremosa,
querede-vos de mim doer
ou ar leixade-m’ir morrer.


Eu vivo por vós tal vida
que nunca estes olhos meus
dormen, mha senhor; e, por Deus,
que vos fez de bem comprida,
querede-vos de min doer
ou ar leixade-m’ir morrer."


D. Dinis

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:05

ESTOU MUITO SATISFEITO COMIGO

por oligofrénico, em 18.06.09

"Estou muito satisfeito comigo."

Disse Sócrates.

Depois de estar

quatro anos à espera

de um "estamos satisfeitos

consigo".

Ingratos

os portugueses.

 

M. Pinto

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:22

NUNO MELO - COMISSÁRIO

por oligofrénico, em 17.06.09

Pobre.

A intervenção do Nuno.

Na comissão de inquérito.

parlamentar.

Incapacidade em centrar-se

no verdadeiro problema.

Fácil para o Constâncio.

Nada de novo

se descobriu.

Só ingenuidades.

 

M. Pinto

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:16

O MERCADO A FUNCIONAR

por oligofrénico, em 13.06.09

"Depois de ter comprado o popular “Evening Standard”, em Janeiro, Alexander Lebedev, ex-espião do KGB, está a negociar a compra do diário de referência inglês “The Independent”. A ofensiva de personalidades sem perfil democrático sobre a imprensa da Europa e EUA está a tornar-se objecto de debate."

("EXPRESSO" online)

 

Não percebo a admiração.

É o mercado a funcionar.

É como o Real Madrid:

200 milhões para contratar futebolistas.

É sinal de vitalidade.

Do mercado.

E o povo gosta.

 

M. Pinto

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:28

A PROPÓSITO DAS ELEIÇÕES EUROPEIAS (OU OUTRAS)

por oligofrénico, em 09.06.09

ADIAMENTO

 

Depois de amanhã, sim, só depois de amanhã...
Levarei amanhã a pensar em depois de amanhã,
E assim será possível; mas hoje não...
Não, hoje nada; hoje não posso.
A persistência confusa da minha subjectividade objectiva,
O sono da minha vida real, intercalado,
O cansaço antecipado e infinito,
Um cansaço de mundos para apanhar um eléctrico...
Esta espécie de alma...
Só depois de amanhã...
Hoje quero preparar-me,
Quero preparar-rne para pensar amanhã no dia seguinte...
Ele é que é decisivo.
Tenho já o plano traçado; mas não, hoje não traço planos...
Amanhã é o dia dos planos.
Amanhã sentar-me-ei à secretária para conquistar o mundo;
Mas só conquistarei o mundo depois de amanhã...
Tenho vontade de chorar,
Tenho vontade de chorar muito de repente, de dentro...

Não, não queiram saber mais nada, é segredo, não digo.
Só depois de amanhã...
Quando era criança o circo de domingo divertia-me toda a semana.
Hoje só me diverte o circo de domingo de toda a semana da minha infância...
Depois de amanhã serei outro,
A minha vida triunfar-se-á,
Todas as minhas qualidades reais de inteligente, lido e prático
Serão convocadas por um edital...
Mas por um edital de amanhã...
Hoje quero dormir, redigirei amanhã...
Por hoje, qual é o espectáculo que me repetiria a infância?
Mesmo para eu comprar os bilhetes amanhã,
Que depois de amanhã é que está bem o espectáculo...
Antes, não...
Depois de amanhã terei a pose pública que amanhã estudarei.
Depois de amanhã serei finalmente o que hoje não posso nunca ser.
Só depois de amanhã...
Tenho sono como o frio de um cão vadio.
Tenho muito sono.
Amanhã te direi as palavras, ou depois de amanhã...
Sim, talvez só depois de amanhã...

O porvir...
Sim, o porvir...

 

 

14 - 4 - 1928

In Poesia , Assírio & Alvim, ed. Teresa Rita Lopes, 2002

Álvaro de Campos



 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:13

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

subscrever feeds