Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



ALEGRIA EM LISBOA - I

por oligofrénico, em 06.07.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:49

ALEGRIA EM LISBOA

por oligofrénico, em 06.07.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:40

OS NOSSOS QUERIDOS E HONESTOS GOVERNANTES

por oligofrénico, em 03.07.12

Na Universidade Lusófona Miguel Relvas fez licenciatura num ano por causa do “currículo profissional”                           

  

Ministro fez uma cadeira em Direito e nenhuma nos outros dois cursos em que se inscreveu antes de ingressar na Lusófona
Ministro fez uma cadeira em Direito e nenhuma nos outros dois cursos em que se inscreveu antes de ingressar na Lusófona (Foto: Nuno Ferreira Santos)

                        Ao PÚBLICO, António Valle, adjunto do governante, explicou nesta terça-feira de manhã que tal se deve ao facto de a Lusófona ter analisado o “currículo profissional” do actual governante, bem como o facto de ele ter frequentado “os cursos de Direito e de História”, o que permitiu que o curso fosse feito em menos tempo. Valle não esclareceu quantos créditos foram atribuídos nem quantas cadeiras Miguel Relvas fez na Lusófona.

A única cadeira que o actual ministro tinha concluído antes de 2006 era uma de Direito, feita em 1985. Apesar de ter estado inscrito em mais dois cursos – História e Relações Internacionais. Quando pediu para ser admitido na Lusófona já tinha sido eleito deputado em várias legislaturas e ocupado o cargo de Secretário de Estado da Administração Local do XV Governo Constitucional." (PÚBLICO online)

 

 

Não sei qual a admiração.

É uma possibilidade legal e constitucional.

Temos de confiar em que nos governa.

Já chega de maledicência!

 

M. Pinto

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:26

AGIOTAGEM - A PROPÓSITO DA CONTRATAÇÃO DE ENFERMEIROS PELO MINISTÉRIO DA SAÚDE

por oligofrénico, em 02.07.12

"A Administração Regional de Saúde de Lisboa garante que o valor de referência
para subcontratar enfermeiros é 10 euros/hora, mas estes profissionais
queixam-se de receber apenas quatro euros por causa da parte cobrada pelas
empresas de serviços." (TSF online)

 

Finalmente a notícia completa.

Como o estado e outras inúmeras empresas

(EDP, PT, etc.), não querem assumir

compromissos com os trabalhadores,

dão espaço ao surgimento destas

firmas de agiotagem.

Um verdadeiro negócio da china,

nas mãos dos habituais predadores,

que nada produzem e vivem do

trabalho alheio.

É fartar vilanagem!

 

M. Pinto

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:12

Pág. 3/3



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

subscrever feeds